terça-feira, 7 de junho de 2016

Palavras lançadas ao vento!




Talvez algum dia,
Em algum lugar,
Em algum momento
Estas palavras talvez lançadas ao vento
Encontre algum porto seguro,
Algum sentido 
E sentado a beira de uma estrada
Ou até mesmo, na beira do mar
Sentindo a leve brisa que passa
Ou as ondas do mar acertando em cheio as pedras,
Dançando em meio as ondas
Fazendo suas nuances e nos envolvendo cada vez mais em ti.

Talvez algum dia
Em algum lugar,
Tudo isto nesta vida nos fará ver que nada fora inútil
Em vão,
Algo de fato deva ter valido a pena!
E as lutas de outrora?
Os problemas?
Estes também foram lançados em algum lugar neste vasto oceano
Nos fazendo ver que problemas com certeza existem,
Mas é preciso aprender com eles e recomeçar sempre!,
Mas enquanto isso, 
Continuo desejando os fragmentos do início deste Devaneio
O qual chamei de "Palavras ao Vento!"

Talvez algum dia,
Em algum lugar,
Em algum momento
Estas palavras talvez lançadas ao vento
Encontre algum porto seguro,
Algum sentido 
E sentado a beira de uma estrada
Ou até mesmo, na beira do mar
Sentindo a leve brisa que passa
Ou as ondas do mar acertando em cheio as pedras,
Dançando em meio as ondas
Fazendo suas nuances e nos envolvendo cada vez mais em ti.
JNOtílio

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...