terça-feira, 4 de março de 2014

Ainda existe amor!




Sim... Por mais que a sociedade tente dissecar os mais nobres sentimentos que o Senhor deixou no universo, jamais ela irá conseguir.
Porque o seu amor excede todo o entendimento,
Amor que ainda nos faz olhar para trás e ver que ainda vale a pena dizer não para o mundo,
Vale a pena ainda que errantes viver para Jesus
Viver por Jesus!
Ainda existe amor, mesmo diante das nossas imperfeições.
Cristo não veio para os sãos,
Ele veio para os doentes... Nós estamos doentes,
Nós precisamos de Cristo e sem ele precisar de nós, ele não desistiu nem de mim e nem de você!
Sei que deveríamos ser exemplos, mas falhamos!
E de certa forma falhamos porque também somos humanos.
A frase a seguir talvez gere algumas discordâncias, mas espero que todos entendam o que quero expressar... Mas se gerar discordância, também será válida!
Amados... Não caía!
Vigie para que não caía, mas se porventura cair, não se permita ser escravos das paixões mundanas...
Levante-se e recomece!
Talvez o problema não esteja na queda,
O problema mais grave está em como você se comporta diante da queda.
Vai permanecer a mercê do vil tentar ou vão regressar ao primeiro amor?
Portanto, venham, ainda há tempo de voltar... Nosso Deus é rico em misericórdia e perdão...
Ele pode mudar o quadro das nossas vidas.
Não pense que o melhor a fazer é sair dos pés de Cristo... Este é um tremendo engano. Melhor mesmo é viver prostrado por Cristo a ter que viver escravizados por Satanás.
Existe uma alegria passageira que muitos buscam nas bebidas, nas drogas, no sexo, na dança ou em outras coisas mais,
Mas a alegria eterna vem do Senhor porque ele é a nossa força!

Nos últimos meses tem prevalecido em meu coração uma dor tão profunda que tá me consumindo lentamente.
Um sentimento forte de derrota, um sentimento de vergonha de mim mesmo.
Há alguns anos atrás fui acusado de estar desviando todos os jovens da igreja. Que eu só os conduzia ao mal e que eu haveria de pagar o preço.
Ouvi isso me doeu tanto, sofri dores de injustiça e procurei mesmo com minhas falhas me aproximar mais de Deus e orando por este rebanho que segundo algumas lideranças , eu havia desviado.
Pedi oração na igreja e conversei com outras lideranças, pastores, sobre isso e juntos começamos a orar!

Hoje, quando eu olho e vejo muitos destes jovens que são os meus melhores amigos , são meus irmãos, definitivamente fora do arredio de Cristo, só fico questionando a Deus sobre a minha atuação enquanto crente entre eles e assim me bate uma certa culpa que só tem me martirizado.
Tem prevalecido em mim um desespero, um medo por ver estas pessoas que amo longe de Cristo, vivendo uma apologia de liberdade e só vejo que estão se ridicularizando a si mesmo diante das atitudes.
Estou com medo do que pode acontecer.
Satanás está enfurecido porque poucos dentre muitos jovens da nossa cidade resolveram dizer sim a Cristo e não ao mundo.
Jovens que tens falado:
“Senhor, eu sou falho, sou pecador... Eu preciso do teu amor e da tua graça, me ajude a ser forte mesmo estando fraco... Sê tu o meu sustento... Mais eu não vou sair dos teus pés, aconteça o que acontecer, eu vou prevalecer contigo porque o Senhor me amou primeiro!
Paira em meu peito saudades...
Eu tenho saudades dos tempos que andávamos na mesma direção,
Eu tenho saudades dos tempos em que compartilhávamos nossas dores, nossas tristezas, mas acima de tudo, as nossas alegrias.
Eu tenho saudades da companhia de vocês, ainda que sem nada a dizer, estar do lado de vocês era tudo, mas hoje já não é mais assim.
Eu tenho saudades de ouvi mais de Deus através de um hino cantado, coreografado ou uma oração feita por vocês.
Eu tenho saudades dos nossas incontáveis passeios saudáveis...
Eu tenho saudades das visitas inesperadas a qualquer hora do dia ou da noite,
Eu tenho saudades até das nossas desavenças diante de uma opinião não pedida ou talvez mal expressada.
Eu tenho saudades dos casos ou piadas até mesmo sem graça e juntos ríamos do tudo, do nada.
Eu tenho saudades do brilho dos teus olhos quando se encontravam envolvidos nos melhores projetos da vida... A vida espiritual!
Os tempos já não são mais os mesmos.
Ser certo é cafonice... É besteira!
Tudo é permitido... Tudo é liberado!
Eu posso tudo e assim vou prosseguir e doa a quem doer,
Eu vou viver a minha vida e que se dane o mundo e todos aqueles que não concordam comigo!... Alguns tem pensado assim!

Quantos conceitos errados
Liberdade mal vivida, tudo que vai volta e meu medo são os retornos que não são fáceis, que deixam graves prejuízos... Alguns até irreparáveis!
Eu tenho saudades da vivacidade do teu sorriso que hoje tornou-se opaco porque Deus deixou de ser o centro da tua vida,
Deixou de ser a razão da tua existência
Da tua honra
Do teu louvor
Da tua adoração!

Está sendo tão difícil... Mas quero que saibam que aconteça o que acontecer, eu vou estar aqui pronto a recebe-los quando quiserem voltar...
Só não demore porque talvez seja tarde demais!

Um comentário:

Terezinha Guimarães disse...

QUE TEXTO LINDO E VERDADEIRO.
PARABÉNS!
ABRAÇOS

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...