segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Coisas que eu não entendo

Vontade de fugir no tempo
Partir sem rumo e sem direção.
Correr
Gritar
Pular
Descansar
E seguir em frente!
Vontade de jogar a mochila nas costas
E partir sem destino
Na ânsia de encontrar algo novo
Algo que me faça desprender destas sensações que ousam prevalecer em mim.
 
Vontade de não olhar para trás
De não ter medo mesmo sabendo que em algum momento
Ele nos torna forte.
Mas tô cansado de mostrar ser forte
Quando já estou sem força pra continuar.
Mas ainda assim,
Parar não resolve nada
Desistir seria assinar minha frustação,
Então lentamente permanecerei dando os meus passos
Ora incertos, mas caminhando sempre
Já que pra se chegar aos acertos é preciso dá os primeiros passos...
E assim,
Lentamente vou prosseguindo na ânsia de ver que tudo isso valerá a pena
Em algum momento!
 
Isso é o que me acontece
Coisas que não entendo!
JNOtílio

Um comentário:

zethephp disse...

Você e maravilhoso! Quero continuar acompanhando teus devaneios,tua historia,tua vida!

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...