E quando bate a vontade de desistir...?


... E quando bate aquela vontade de desistir diante das circunstâncias da vida?
Quando olhamos a frente e vemos que tudo parece distante
Olhamos ao lado e deparamos com o silêncio
Sem ninguém por perto pra nos estender a mão.
E bateu vontade de jogar a toalha
De deixar tudo acontecer e vida seguir seu percurso normal...
Se precisar subir que suba
Se precisar regressar
Que regresse...
Mas cansei!
Cansei de tentar ser forte quando estou fraco
Cansei de ri quando minha vontade é chorar
Cansei de abraçar quando preciso de um abraço...
Sim!
Cansei...
E não me envergonho de dizer,
Afinal, sou humano...
Cansei de mostrar para as pessoas que estou bem quando estou mal...!
Cansei de tentar ser uma fortaleza quando já não passo de pó e cinza...
Sinto muito se te decepcionei,
Mas tá difícil...!
Cansei de tentar me entender
De tentar buscar respostas para as coisas que se foram e nem se quer deu um adeus,
Cansei de olhar em volta e ver que no fundo no fundo
Estou sozinho!
Por um momento, cansei de sonhar
De planejar...
Melhor esperar o tempo e o tempo fará aquilo que eu por um momento não conseguir!
Cansei de dizer a mim mesmo que tudo isso vai passar
Que é só uma fase,
Mas como pode ser uma fase se esta fase permanece e já perdura por toda uma vida...!
Cansei de mentir pra mim mesmo...
Cansei de coisas que nem sem quer ouso escrever, mas sinto e sentindo isso já é um erro... rs
Mas, mesmo cansado...
Darei mais uma chance a mim mesmo porque esta verdade eu sei e prevalece
Que o amor de Deus permanece em mim e mesmo sendo eu tão falho e pecador
Ainda assim, seu amor permanece
E por esse amor,
Ainda que rastejando não me rendo, não me entrego
Mesmo cansado!

4 comentários:

Cris Boanerges disse...

Me identifiquei muito com esse texto no momento que to...mais uma vez, parabéns! Belo texto, tirado da alma!

Joice Simao disse...

Parabens, espero q vc nao pare de escrever pois vc tem um dom, seu texto esta maravilhoso me idenfiquei demais pela situacao q estou vivendo
Td d bom pra vc Joselito

Joselito Nascimento Otílio disse...

Cris Boanerges e Joice Simão fico feliz porque de alguma forma os meus maus fragmentados poemas como costumo chamar, toca sempre o coração de alguém! Espero permanecer escrevendo e contando com a visita de cada um de vocês neste espaço feito para todos aqueles que gostam e que curte poesia!

R disse...

Estou passando pela segunda separação em 10 anos e no momento em que o nível de stress no trabalho é o mais alto (sim, em janeiro, mas no meu é). O texto exprimiu o que sinto: A vontade de pular da barca....Mas sabendo que se faço isso, afundo! Pai, me dai coragem!Abraço Joselito e força sempre para nós todos! Ricardo!