domingo, 11 de março de 2012

11 de março... Dia da Poesia!


Como definir o indefinível?
Aquilo que expressa a essência...
A alma do ser humano que é o seu bem maior?
A Poesia não precisa de definição
Ela carece de compreensão, carece de abertura de quem ler
E para isso exige-se que se entre de corpo aberto para que haja uma entrega total...
Uma entrega com um ar apaixonado pelo outro... Pelo que foi escrito
Pela intensão do poeta de transcrever nos papeis
A beleza que por si só já existem!
Portanto, é necessário olhar sem roupagem para a poesia
Para viver e sentir o que foi rabiscado!
Cada frase,
Cada verso,
Cada prosa possa falar contigo e que, em algum fragmento destes maus traçados poemas você se encontre como eu me encontro cada vez que leio e releio.
É como uma mágica que você nunca se cansa de ver e se envolver após inúmeras apresentações!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...