terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Um dia disse Vinicius de Moraes...


Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências…
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar. Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adimiro, adoro, os amo, embora não declare.

Vinicius de Moraes
Fonte: pensador.uol.com

2 comentários:

J.F.AGUIAR disse...

Meu amigo, meu respeito e admiração
pelo seus textos, seus poemas e sua publicação de poemas e outros.
Amizade não se esquece... eu tenho
visto sua virtude em fazer amigos e ter amigos... Bons dias! meu amigo. voltarei outras vezes

Marcos Andre - Professor disse...

Excelente esse texto. muito forte e faz a gente refletir.

Caramba, quanto tempo eu não venho aqui.

Se você quiser pode publicar algum poema meu, só peço que deixe um link do poema.

Que o Senhor te conceda mais inspiração ainda.

Marcos

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...