quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Tardes Negras...

Mais um dia se passa

E após enfrentar desafios

Me pego pensando em ti.

Deitei pra descansar um pouco

E acordei com uma certa ansiedade.

Sinto tua presença fortemente

Te procurei por todos os lugares nos mesmos horários

E lamentavelmente me deparei com sua ausência.

Mais um dia se passa...

E minhas tardes se tornaram negras

Sem sua presença em mim

Me fazendo ver que não vale apena continuar vivendo.

Luto, reluto e

Já é noite

E me encontro sozinho

Porque você quis assim...!

O tempo corre desenfreadamente

E já não nos dá tempo de olhar para trás

É preciso coragem e força para continuar

Para tentar se adaptar com suas escolhas

Com seu modo de vida

Que confesso que não entendo

Mas mesmo assim

Aceito sua escolha

Se assim prefere... !

O tempo passa

Os dias se vão

As tardes negras me assolam

Mas preciso viver

Preciso ir além mesmo com vontade de parar...

Então, respiro fundo e digo pra mim mesmo:

“Eu só queria voar... Cortaram-me as asas!”

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...