domingo, 27 de novembro de 2011

****************... Para mim mesmo...**************

O sol nasce para todos

Mas nem todos conseguem desfrutar de sua beleza

De seu terno calor...

Muitos estão ocupados demais para admirar todo o seu fascínio

Todo o seu espetáculo...

E assim a vida passa como passam despercebidos pela vida

Olhar para o lado?

Para quê?

Pra ver esse tal semelhante que não é meu semelhante

Exceto no discurso humano vazio

E seco...?

Estou com pressa demais pra perder tempo

Pra olhar para o lado

Para olhar para o outro

Olhar para a vida...!

Tudo passa muito rápido e se eu parar

Perco tempo e isso não posso

Porque tempo é dinheiro e sendo assim,

É prejuízo...!

Assim pensam os presunçosos

Os gananciosos...

Os sem amor próprio!

O sol nasce para todos embora nem todos

Aproveitam e admiram todo o seu fascínio

Toda sua beleza contagiante que faz o humilde ser mais humilde

Que faz os que o observam mais sábios

Mais felizes...!

Ser feliz tá tão difícil,

E esses momentos são únicos

E precisam ser valorizados!

Isso é viver sabiamente...!

Preciso parar um pouquinho para não me tornar como milhares

Que conheço...

Preciso admirar a beleza que há no universo e por um momento

Sentir o cheiro suave das flores

O cantarolar dos pássaros

O vai vem da leve brisa que passa

O frescor do chão que me faz ver de onde vim e para onde tornarei...

Quero sentir a chuva caindo sobre minha pele e me envolver com toda beleza

E sentir o mais doce dos abraços dado por Deus

Em cada gotícula que abençoa a terra

Que irriga o solo e que agracia o ser humano!

Hoje... Tudo se foi e restou-me apenas uma certeza:

Dependo exclusivamente de Deus e de ninguém mais!

Quero viver isso com toda intensidade pra ver que de fato

A vida vale apena!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...