sábado, 12 de novembro de 2011

Monotonia...

Sabe aquela sensação de que tudo tornou-se monotonia?

Pois bem... De fato, hoje tudo tornou-se monotonia

O sol não quis brilhar

Caiu uma pequena garoa

Vi flores, mas cadê seu perfume?

O ventou levou?

Porque não sinto?

Andei...

Caminhei por horas a fio

Olhei ao redor e nada vi além

Se não restos cálidos de uma vida que por algum momento

Pareceu perder o sentido!

Por um momento sinto meu rosto ardendo

Meus olhos lacrimejarem e pequenas gotinhas caírem

E quanto mais me prendo para não me entregar por completo

Elas teimam cair descontroladamente

E então,

Olho pra o horizonte e me entrego

Aos meus pensamentos e lentamente vou me perdendo

Na ânsia de me encontrar

De respirar

De sentir a leve brisa que passa me fazendo ver

Que há beleza sim no universo

E que... De fato...

Precisamos ver o real sentido da vida...

E são nesses momentos que tua mão Senhor vens sobre mim

E me toma em teus braços

Pois já mão estou mais em mim...

Me rendo a ti pois tu és o real

e verdadeiro sentido da vida

Da minha existência!

Foto: Walesca Oliveira

4 comentários:

Anndreh Ramos disse...

que legal amigo muito massa...

Walesca disse...

Muito lindo Pi, amei !

Mirelis de Acacio disse...

Me a encado su blog lo felicito por esos pensamiento,gracias por suscribirse en mi blog yo ya me suscribí en el suyo, Dios lo bendiga.

Joselito Nascimento Otílio disse...

Brigadinho Dell e Walesca por está sempre acompanhando minhas postagens... Mirelis de Acacio... Fiquei maravilhado pelo simples fato também de ter sua presença em meu blog... Essa parceria com certeza será forte... Que o Señor bendiga tu Santo nombre!... Gracias... Besos a los todos...Hehehe!

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...