terça-feira, 11 de outubro de 2011

Nos tempos de criança...

Vamos falar de aventuras?

Você se lembra da Belinha? Claro que lembra, ela era do nosso grupo na escola. Estou me lembrando do desfile que nossa professora de Artes mandou a gente organizar valendo nota. Lá vamos nós, como eu não sou besta e nem nada, escolhi apresentar e todos me apoiaram. Ensaiávamos todos os dias, menos a Belinha que disse que já sabia e não precisava, eu ficava nervoso com ela, brigávamos e ela nem aí. Tu só prestava pra ri, isso me irritava. Ensaiamos mais de uma semana e Belinha nem aí. Eu preparei a ficha de apresentação de todo mundo como se fossem modelos profissionais. Você estava se sentindo o tal. Tomamos roupas emprestadas aos quatro cantos da cidade. Chegou o tão esperado dia. A escola tava lotada, lembra que foi aberta ao público? Assim, eu entrei e a galera aplaudiu, dei as boas vindas ao público:_ Bom dia a todos e a todas! Estamos começando um mega evento com os principais modelos nacionais e internacionais pertencentes as agencias exclusivas. Hoje, estaremos apresentando roupas do estilista internacional Lino Vilaventura. A partir de agora, está aberto o nosso desfile onde cada modelo estará apresentando roupas das quatro estações. Com vocês o nosso primeiro candidato! Seu nome é PI, 1.85 cm de altura, já participou de mega eventos em todo o país e agora é modelo exclusivo de uma agencia em Milão. Receba os nossos aplauso!”

Eu fui chamando um a um e a galera ia ao delírio porque o som era de primeira, os modelos nem se fala (risos)!

No meio do desfile alguém cochichou ao meu ouvido que o Paulo tinha desistido por causa da timidez, eu dei uma pausa alegando que os modelos precisavam de um tempinho para se prepararem e sair um pouco do palco, quando conversei com o Paulo para convencê-lo, o cara tremia mais que vara verde e dizia que não, que não e pronto. Eu voltei pra o palco e anunciei a nossa próxima atração. “O nome dela é Belinha Policarpo (ela já estava fungando e tremendo no palco), ela tem 172cm de altura, participou de diversos eventos na Itália e ... “_Eu não vou conseguir não!” E partiu na carreira da passarela. Eu não entendi nada, ela saiu na carreira no meio do povo, tava chorando e eu gritando:_ Volta Belinha, volta pelo amor de Deus! O povo só faltou rolar no chão de tanto ri, eu tentei me controlar, mais ainda assim dei algumas risadas também, mas o show não podia para e conseguimos terminar o nosso “mega evento”(gargalhadas), mas a carreira de Belinha Policarpo e do Paulo Tarraffa estava encerrada se realmente eles fizessem parte de alguma agência de modelos, estariam demitidos por justa causa.

Quando sair da sala fui ver a Belinha, afinal, eu tinha que entender o que havia acontecido. Lembra da cara dela Pí quando olhou pra gente? O nariz vermelho de tanto chorar. Nós tentamos nos controlar, mas não deu e nos pocamos na risada também. Ela ficou mais nervosa ainda. Quando a coitada saiu de onde estava, a galera gritou no corredor:_ Eu não vou conseguir não! Gargalhada geral no corredor!

Até hoje me lembro disso e quando penso no nosso tempo de escola, eu lembro dela coitada!

O Paulo Tarraffa era tímido, mas gostava de pegar o chane (gatos) dos outros e rodava até os chaninhos ficarem tontos e mandava longe, pois cotados batiam nos quintais dos vizinhos... Miauuuuuuuuuuuuuuuuuu! Risadaria geral da galera!

(Trecho do Livro de Filósofo e Louco Todo Mundo tem um pouco!... Joselito conversando com PI)... Pasmem... Mas é demais esta dinâmica!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...