quarta-feira, 16 de dezembro de 2009




Uma folha em branco


Uma folha em branco
Uma canção no rádio
E um coração ferido!
Uma folha em branco
Uma canção que fala de amor
E um coração que tão somente pertence a ti
Que te deseja loucamente
Mais que tudo que tu possas imaginar.
Uma folha em branco
Uma caneta nas mãos
E você sendo materializada
Em cada palavra,
Pois escrevo tudo...
Mas a conclusão sempre é você...
Será você
Pra sempre você!
Até quando?
Não faço ideia
Se assim soubesse
Não amarrotaria esta ex-folha em branco
Que por hora é minha grande amiga
A caneta esferográfica minha companheira
Nesta triste terapia que se repete:
Escrever pra te esquece...
Pra não pensar em você!


Em: 06.03.09/Às 21h e 32 min.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Lançamento do meu I Livro "Doce aroma de Poesia!"

Convite Especial...  Lançamento do Meu I Livro de Poemas e Poesias... "Doce a...